Google Tradutor

Quem sou eu

Minha foto
Espírito Santo, Brazil
Professora Educação Infantil. Costumo ser reservada e tímida, ás vezes gosto de ficar sozinha. Vivo o presente. Sou do tipo de pessoa que vive o “aqui e agora”. Não gosto deixar nada pra depois. Preciso de liberdade e independência para fazer minhas próprias coisas. Alegria sempre. Nada de ficar reclamando das dificuldades. Deus conhece nossa capacidade. "Posso não saber o quanto vou ter que caminhar, mas eu continuarei andando e sorrindo. Vou aprendendo a viver e a conviver. Levo comigo uma bagagem cheia de decepções, momentos felizes e alguns não muito.. meus erros, minhas lágrimas, minhas derrotas e vitórias... Não quero ser perfeita , eu quero é cair e levantar rindo... levantar e limpar as mãos e os joelhos e me preparar para correr de novo ,dessa vez mais rápido ainda. Se não quiser que eu te decepcione não faça demasiadas expectativas..."

Marcadores

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Sugestões de obras musicais e discografia


• A ARCA DE NOÉ. Toquinho e Vinicius de Morais. Vols. 1 e 2. Polygram, 1980.
• ACALANTOS BRASILEIROS. Discos Marcus Pereira, 1978.
• ACERVO FUNARTE, MÚSICA BRASILEIRA. Coleção relançada em CD pelo Instituto Itaú Cultural, SP, 1997 e 1998.
• AÇÃO DOS BACURAUS CANTANTES. João Bá, Devil Discos, SP, 1997.
• ADIVINHA O QUE É? MPB-4, Ariola, 1981.
• ANJOS DA TERRA. Dércio Marques, Devil Discos, SP.
• AS MAIS BELAS CANTIGAS DE RODA. M. Viana/Nave dos Sonhos.
• BANDEIRA DE SÃO JOÃO. Antonio José Madureira, Selo Eldorado, 1987.
• BAILE DO MENINO DEUS. Antonio José Madureira, Estúdio Eldorado.
• BORORO VIVE. UFMT. Cantos dos índios Bororo.
• BRINCADEIRAS DE RODA, ESTÓRIAS E CANÇÕES DE NINAR. Solange Maria, Antonio Nóbrega, Selo Eldorado, 1983.
• BRINCANDO DE RODA. Solange Maria e Coral Infantil, Selo Eldorado, 1997. Canções.
• CANÇÕES DE BRINCAR. Coleção Palavra Cantada, Velas, 1996.
• CANÇÕES DE NINAR. Coleção Palavra Cantada, Salamandra/Camerati.
• CANTO DO POVO DAQUI. Teca-Oficina de Música, SP, 1996.
• CARRANCAS. João Bá, Eldorado, SP. Canções.
• CASA DE BRINQUEDOS. Toquinho, Polygram, 1995. Canções.
• CASTELO RA-TIM-BUM. TV Cultura/SESI, Velas, 1995.
• COLEÇÃO MÚSICA POPULAR DO NORTE. Discos Marcus Pereira.
• COLEÇÃO MÚSICA POPULAR DO NORDESTE. Discos Marcus Pereira.
• COLEÇÃO MÚSICA POPULAR DO CENTRO-OESTE. Discos Marcus Pereira.
• COLEÇÃO MÚSICA POPULAR DO SUDESTE. Discos Marcus Pereira.
• COLEÇÃO MÚSICA POPULAR DO SUL. Discos Marcus Pereira.
• CORALITO. Thelma Chan, SP. Canções.
• CIRANDAS E CIRANDINHAS, H. VILLA- LOBOS. Roberto Szidon, piano, Kuarup, RJ, 1979.
• CLÁSSICOS DIVERTIDOS. Globo/Polydor.
• DOIS A DOIS. Grupo Rodapião, Belo Horizonte, MG, 1997.
• ESTRELINHAS. Carlos Savalla, RJ.
• ETENHIRITIPÁ. Cantos da Tradição Xavante, Quilombo Música, 1994.
• FOR CHILDREN. Béla Bartók. Piano solo, vols. 1 e 2, Zoltán Kocsis, piano, Paulus.
• IHU. TODOS OS SONS. Marlui Miranda, Pau Brasil, 1995. Cantos indígenas.
• IMAGINATIONS. Pour l’expression corporelle. Vols. 1 a 6. Andrée Huet, Auvidis Distribution.
• LULLABIES AND CHILDREN’S SONGS. Unesco Collection.
• MADEIRA QUE CUPIM NÃO RÓI. Antonio Nóbrega, Brincante, SP, 1997.
• MA MÈRE L’OYE. Maurice Ravel.
• MEU PÉ, MEU QUERIDO PÉ. Helio Ziskindi, Velas, 1997.
• MONJOLEAR. Dércio e Doroty Marques, MG.
• MÚSICA NA ESCOLA. Material didático, SEE-MG.
• MÚSICA PARA BEBÊS. Movieplay Brasil, 1994.
• NA PANCADA DO GANZÁ. Antonio Nóbrega, Brincante, SP, 1996.
• O APRENDIZ DE FEITICEIRO. Paul Dukas.
• O CARNAVAL DOS ANIMAIS. C. Saint-Saëns.
• O GRANDE CIRCO MÍSTICO. Edu Lobo e Chico Buarque, Som Livre.
• O MENINO POETA. Antonio Madureira, Estúdio Eldorado.
• OS SALTIMBANCOS. Adaptação de Chico Buarque, Philips.
• QUERO PASSEAR. Grupo Rumo/Velas.
• RÁ-TIM-BUM. TV Cultura/Fiesp/Sesi, Eldorado.
• RODA GIGANTE. Canções de Gustavo Kurlat, Escola Viva, SP.
• RUIDOS Y RUIDITOS. Vols.1, 2, 3 e 4. Judith Akoschky, Tarka, Buenos Aires.
• SEGREDOS VEGETAIS. Dércio Marques, Belo Horizonte, MG.
• SUÍTE QUEBRA-NOZES. Tchaikovsky.
• THE CHILDREN’S ALBUM. Tchaikovsky.
• VILLA-LOBOS ÀS CRIANÇAS. Jerzy Milewski, Cantabile Projetos de Arte, RJ.
• VILLA-LOBOS DAS CRIANÇAS. Espetáculo musical de cantigas infantis, Estúdio Eldorado, 1987.
• VILLA-LOBOS PARA CRIANÇAS. Seleção do Guia Prático de Heitor Villa-Lobos, Acervo Funarte, Música Brasileira, Instituto Itaú Cultural, SP, 1996.

sábado, 14 de abril de 2012

Tireóide e gravidez

Olá bloggers!
Estou entrando em meu 4º mês de gestação e andei pesquisando em nosso amigo “Google” algumas dúvidas que surgiram após conversas com algumas amigas.
Encontrei o texto abaixo no blog "Comer bem é preciso"enquanto chega o dia da próxima consulta com minha endocrinologista, pois fiquei com medo de não poder amamentar.


Beijinhos achocolatados! Karine-Kira
........................................................................................
Hipertireoidismo

1. Qual a relação da gravidez com o hipertireoidismo?
Resposta: O hipertireoidismo não tratado pode impedir a ovulação, causar alterações no feto ou mesmo o abortamento. As pacientes hipertireoideas grávidas devem ter o acompanhamento de um endocrinologista.

2. Tenho hipertireoidismo e gostaria de saber se passando para hipotireoidismo, corre risco de não ter filhos?
Resposta: A disfunção da tireóide deve ser tratada. Com a normalização da função tireoidiana não haverá problemas para engravidar.

3. Qual o tratamento indicado para hipertireoidismo antes e durante a gravidez?

Resposta: O ideal seria que o hipertireoidismo estivesse resolvido antes que a gravidez fosse desejada. Entretanto, se isto não for possível, ou se a gravidez acontecer, a gestante deverá usar o mínimo de drogas antitireodianas possível, devido à passagem placentária das mesmas. A gestante deverá ter um acompanhamento freqüente com o endocrinologista.

 

4. É verdade que mães com hipertireoidismo não tratado durante a gestação, podem ter filhos com problemas mentais? Por que isso acontece?
Resposta: Não existem evidências que o hipertireoidismo materno afete o desenvolvimento mental de seus filhos. O mesmo não se pode dizer quanto ao hipotireoidismo materno, pois existe uma série de estudos que apontam que filhos de mães hipotireoidianas podem ter problemas cognitivos e até redução de QI.

Hipotireoidismo

1. De que maneira o hipotireoidismo afeta a fertilidade da mulher?
Resposta: Existe uma interação importante entre os hormônios tireoidianos (HT) e os ovários. Assim, receptores tireoidianos, que são estruturas através das quais os HT atuam, são expressos nos oócitos e células da granulosa do ovário. Os HT sinergizam com FSH (hormônio hipofisário que estimula o ovário) para exercer efeitos estimulatórios diretos nas células da granulosa incluindo diferenciação morfológica. Estudos experimentais mostram que o T4 (hormônio da tireóide) é necessário para taxas máximas de fertilizações e desenvolvimento do óvulo fecundado.

2. Quais os cuidados necessários durante a gravidez, nos casos de mãe com hipotireoidismo?
Resposta: Durante a gravidez, as mulheres portadoras de hipotireoidismo devem ter a sua dose diária de T4 aumentada. Não é bom para o desenvolvimento do bebê se o T4 estiver baixo. Além disto, as mulheres com hipotireoidismo podem ter dificuldade de engravidar e tem maior risco de abortamento.

3. Em mulheres que engravidam durante o tratamento de hipotireoidismo a dosagem do hormônio pode prejudicar o bebê?
Resposta: O ideal é que a mulher hipotireoidiana tenha a gravidez planejada e engravidem com concentrações normais de T4 no sangue. Entretanto, assim que souberem da gravidez devem procurar o seu endocrinologista, o qual, possivelmente, terá que ajustar a dose da medicação. O hipotireoidismo bem controlado não trará qualquer prejuízo ao feto.

4. A mulher que está amamentando pode continuar fazendo sua reposição de hormônios da tireóide sem causar danos ao bebê? Existe algum medicamento específico neste caso?
Resposta: A mulher hipotireoidiana poderá amamentar o bebê sem qualquer problema, mas deverá ajustar a dosagem da medicação, de acordo com as recomendações médicas.

Hipertireoidismo Congênito (no Recém-Nascido)

1. O que a mulher hipertireoidiana pode fazer durante a gravidez para evitar o hipertireoidismo no recém-nascido?
Resposta: O hipertireoidismo no recém-nascido não é comum, documentando-se incidência menor que 1% nas crianças nascidas de mães hipertireoidianas. É causado pela transferência pela mãe de anticorpos estimuladores da tireóide. Quando a mãe é tratada com drogas antitireoidianas o feto se beneficia do tratamento materno e permanece eutireoidiano durante a gestação. Entretanto, o efeito protetor da droga é perdido após o parto e o hipertireoidismo clínico poderá se desenvolver poucos dias após o parto, podendo requerer tratamento com drogas antitireoidianas. Altos títulos de anticorpos estimuladores identificados no terceiro trimestre da gestação são preditores de hipertireoidismo neonatal.

2. Existe algum risco de uma mulher sem problemas na tireóide ter um filho com hipertireoidismo?
Resposta: Existe o hipertireoidismo congênito decorrente de alterações no gene que expressa o receptor de TSH (hormônio que estimula a tireóide), mas é uma condição clínica muito rara.

Nódulo Tireoidiano

1. “Durante a gestação eu tive um aumento de peso em torno de 40 kg, e no final dela foi descoberto um nódulo no meu pescoço. Cheguei a fazer a biopsia, mas só agora vou começar a fazer o tratamento, pois estava amamentando e eu estou com a doença de Plummer. Eu gostaria de saber se esse aumento de peso pode ter sido decorrente do desarranjo hormonal ou não teria nenhuma ligação?"
Resposta: A doença de Plummer é um nódulo tireoidiano único e hiperfuncionante, que geralmente causa hipertireoidismo. O hipertireoidismo causa perda de peso e não ganho. Assim, creio que o seu ganho de peso não esteja relacionado ao desenvolvimento da doença tireoidiana. 

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Resultado 1º sorteio: paleta de sombras e porta-celular

Antes de anunciar a ganhadora do 1º sorteio do blog “Karine-Kira” quero agradecer a todos que se inscreveram (num total de 108 participantes).

No sistema do sorteio foi colocado do nº 2 ao nº109, pois de acordo com a tabela gerada pelo formulário de inscrição, o 1º ítem foi o título da planilha (ex.: nº, frase, e-mail, etc.).

Enfim, a ganhadora da paleta P&W com 98 sombras e do porta-celular é a inscrita “Mariza”.



Parabéns, MARIZA!

 

Veja o vídeo abaixo confirmando o sorteio no sistema “Random.org”.



Mariza, você tem 48h para me responder ou os prêmios serão sorteados novamente.

Foto da ganhadora Mariza com a premiação

Aguardando a chegada de Otavio.

Aguardando a chegada de Otavio.
Abençoada seja sua vinda, meu filho!

Foto: meu amor Anderson

Foto: meu amor Anderson

Foto: pais Josedino e Conceição

Foto: pais Josedino e Conceição

botão redes sociais