Google Tradutor

Quem sou eu

Minha foto
Espírito Santo, Brazil
Professora Educação Infantil. Costumo ser reservada e tímida, ás vezes gosto de ficar sozinha. Vivo o presente. Sou do tipo de pessoa que vive o “aqui e agora”. Não gosto deixar nada pra depois. Preciso de liberdade e independência para fazer minhas próprias coisas. Alegria sempre. Nada de ficar reclamando das dificuldades. Deus conhece nossa capacidade. "Posso não saber o quanto vou ter que caminhar, mas eu continuarei andando e sorrindo. Vou aprendendo a viver e a conviver. Levo comigo uma bagagem cheia de decepções, momentos felizes e alguns não muito.. meus erros, minhas lágrimas, minhas derrotas e vitórias... Não quero ser perfeita , eu quero é cair e levantar rindo... levantar e limpar as mãos e os joelhos e me preparar para correr de novo ,dessa vez mais rápido ainda. Se não quiser que eu te decepcione não faça demasiadas expectativas..."

Marcadores

domingo, 3 de junho de 2012

Viver sem fumar

FONTE:panfleto Unimed

A maioria dos fumantes enfrenta sérias dificuldades em abandonar o vício. Hoje, existem diversos tipos de apoio, comportamental ou farmacológico, que podem ser utilizados para ajudar o fumante a parar de fumar.  No entanto, nada será eficaz se você não estiver suficientemente motivado para levar em frente esta decisão.
O fumo é responsável por:
·         30% das mortes por câncer
·         90% das mortes por câncer no pulmão
·         97% dos casos de câncer na laringe
·         25% das mortes por doença do coração
·         85% das mortes por bronquite e enfisema (DPOC)
·         25% das mortes por derrame cerebral
·         50% dos casos de câncer de pele
A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) está entre as principais causadas pelo hábito de fumar. Na verdade, ela é constituída por três doenças que acometem o sistema respiratório: enfisema, bronquite crônica e bronquite asmática.
A DPOC em grau avançado, não tem cura e a pessoa fica muito dependente da ajuda dos outros para viver.
O fumo contém mais de 4 mil substâncias químicas, vários com efeitos tóxicos ou irritantes, como o monóxido de carbono, a acetona, a amônia e outras com efeitos cancerígenos.
A nicotina é a principal responsável pela dependência de natureza física e psicológica do fumo. Quando absorvida, ela atinge o cérebro em poucos segundos, proporcionando a estimulação dos centros cerebrais relacionados com o prazer, o que também leva à repetição do gesto de fumar.
Obsevações:
·  Ao parar de fumar economizará dinheiro: 20 cigarros/dia a R$3,00/dia somará R$1095,00/ano, equivalente a um pacote de viagem para Disney a cada 2 anos ou um carro a cada 20 anos sem fumar.
·  Filhos de fumantes adoecem duas vezes mais que os de não-fumantes e tên chances de começar a fumar, seguindo exemplo dos pais.
·  A fumante grávida tem bebês com baixo peso, menor tamanho e maior chance de apresentar defeitos congênitos.
·  Nos ambientes poluídos ocorre irritação nos olhos, garganta e nariz, dor de cabeça e tosse.
 DICAS PARA PARAR DE FUMAR
1.   Escolha o Dia D: fixe um dia para deixar de fumar. Uma data simbólica (aniversário, férias, etc.) ou simplesmente o início do fim de semana. Avise a família, os amigos e colegas de trabalho e peça-lhes ajuda.
2.   Reduza o nº de cigarros: na  semana anterior ao Dia D reduza progressivamente o nº de cigarros para omínimo que conseguir e, muito importante, fume o cigarro o mais tarde possível.
3.   Coloque um adesivo de nicotina: compre adesivos siga as instruções e coloque o primeiro  ao acordar no Dia D.
4.   Ocupe a cabeça, a boca e as mãos: por exemplo, faça palavras cruzadas, mastigue uma pastilha sem açúcar, manipule uma chave ou uma moeda.
5.   Alimente-se saudavelmente e faça exercício físico: faça uma dieta pobre em calorias e aumente o seu nível de atividade física diária.
6.   Evite ambientes onde se fume: por duas a quatro semanas “fuja” das pessoas, dos locais e das ocasiões onde se fuma.
7.   Evite beber: pelo menos, nos três primeiros meses.
 DICAS PARA NÃO VOLTAR A FUMAR
·  Beba muita água (vários copos/dia)
·  Mastigue balas ou chicletes dietéticos
·  Faça caminhadas
·  Faça exercícios de relaxamento (respire profundamente e procure relaxar os músculos do corpo)
·  Evite tomar café e bebidas alcoólicas
·  Escove os dentes imediatamente após as refeições
·  Fique atento às situações de estresse, pois o cigarro não resolve seus problemas
·  Comece um esporte, aprenda a dançar, passeie de bicicleta
·  Modifique seus hábitos, procure novas atividades e alternativas para o lazer.

Aguardando a chegada de Otavio.

Aguardando a chegada de Otavio.
Abençoada seja sua vinda, meu filho!

Foto: meu amor Anderson

Foto: meu amor Anderson

Foto: pais Josedino e Conceição

Foto: pais Josedino e Conceição

botão redes sociais