Google Tradutor

Quem sou eu

Minha foto
Espírito Santo, Brazil
Professora Educação Infantil. Costumo ser reservada e tímida, ás vezes gosto de ficar sozinha. Vivo o presente. Sou do tipo de pessoa que vive o “aqui e agora”. Não gosto deixar nada pra depois. Preciso de liberdade e independência para fazer minhas próprias coisas. Alegria sempre. Nada de ficar reclamando das dificuldades. Deus conhece nossa capacidade. "Posso não saber o quanto vou ter que caminhar, mas eu continuarei andando e sorrindo. Vou aprendendo a viver e a conviver. Levo comigo uma bagagem cheia de decepções, momentos felizes e alguns não muito.. meus erros, minhas lágrimas, minhas derrotas e vitórias... Não quero ser perfeita , eu quero é cair e levantar rindo... levantar e limpar as mãos e os joelhos e me preparar para correr de novo ,dessa vez mais rápido ainda. Se não quiser que eu te decepcione não faça demasiadas expectativas..."

Marcadores

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Ruby Bridges


20 de novembro de 2010. Dia da Consciência Negra
Ruby Bridges Hall nasceu em 08 de setembro de 1954, em Tylertown, Mississippi.
Ruby Bridges é um ícone do movimento pelos direitos civis. E é  o livro “Through My Eyes” onde é contada a história  em primeira mão de como era ser uma garota negra de 6 anos de Nova Orleans, Louisiana, que preparou o terreno para a integração escolar.
Com a libertação dos escravos, através da aprovação da 13a Emenda à Constituição americana, tendo sido ratificada no final de 1865, um conjunto de normas foram criadas visando a discriminação dos negros americanos. Desde então, os EUA tornaram-se um dos países com maiores taxas de racismo no mundo.
 O caso da menina Ruby Bridges é bastante posterior, em 1960. Com 6 anos de idade, Ruby tornou-se voluntária, pelos seus pais, para participar de um procedimento de integração em uma escola de “All-Whites”. O acontecimento foi proporcionado pela NAACP - Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor -, tornando Ruby a primeira aluna afro-americana em um escola no sul, chamada “William Frantz Elementary School”, de Nova Orleans.
Ruby Bridges era apenas uma das cinco crianças negras que passaram no teste para determinar quais seriam as crianças que seriam enviadas para as escolas dos “brancos”. O teste havia sido criado de uma maneira para que as crianças negras não fossem capazes de passar.  A família de Ruby tomou a decisão de lutar por seus direitos e inscreveu a pequena Ruby no primeiro grau em uma escola toda branca. Ela seria a única criança negra lá.
Antes de  Ruby chegar ao colégio pela primeira vez, os pais entraram nas salas e retiraram seus filhos do local. Os professores também se recusaram a dar aula, com exceção de uma, chamada Barbara Henry. A menina de 6 anos teve “aulas particulares” na escola durante aproximadamente 1 ano com essa professora. Por todo esse ano letivo a escola ensinou apenas para  cinco alunos. Ruby e outros quatro estudantes brancos.
 O conturbado período forçou Ruby a entrar e sair do seu local de estudo, com frequência, na presença de adultos. Os protestos do lado de fora eram constantes. Alguns casos impressionam: uma mulher protestava do lado de fora com um caixão de criança coberto por uma camisola negra. Outro caso foi relacionado a mais uma mulher, que prometia envenenar a menina. Essa situação obrigou a Ruby Bridges a nunca ter lanchado no colégio. Os pais também não escaparam. Foram perseguidos e o pai perdeu o emprego.
 O acontecimento, porém, possui bons exemplos. A comunidade negra, com alguns integrantes brancos opostos ao racismo, tentaram ajudar. Um vizinho conseguiu outro emprego para o pai de Ruby. Além disso, em protesto, algumas famílias brancas continuaram a enviar seus filhos ao ”William Frantz Elementary School”.
Atualmente ela ainda vive em Nova Orleans com seu marido Malcolm Hall e seus quatro filhos. Há 15 anos Salão trabalhou como agente de viagens, mais tarde se tornar uma mãe em tempo integral. Criou em 1999 a Fundação de Ruby Bridges onde é presidente, que formou para promover "os valores da tolerância, respeito e valorização de todas as diferenças". Descrevendo a missão do grupo, diz ela, "o racismo é uma doença de adulto, e temos de parar de usar os nossos filhos a difundi-lo".
Em janeiro de 2001, Ruby foi condecorada com a Medalha Presidencial Cidadãos pelo presidente Bill Clinton. Em outubro de 2006, a Alameda Unified School District dedicou uma nova escola primária para Pontes Ruby, e emitiu uma proclamação em sua honra. Em novembro de 2006 ela foi homenageada no Concerto da Liga Anti-Difamação Contra Ódio. Em 2007, o Museu das Crianças de Indianápolis revelou uma nova exposição que documenta a vida Bridges ", junto com a vida de Anne Frank e Ryan White.
Como já dizia nosso falecido Bob Marley, “enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra”.

domingo, 29 de julho de 2012

Vote premiação TopBlog 2012: variedades

É com muita alegria que comunico mais uma vez aos amigos internautas, que meu blog está participando da maior premiação da Internet brasileira: o PRÊMIO TOPBLOG BRASIL 2012.
 Como votar?
Basta clicar no banner ou selo dourado do Topblog que está à esquerda e acima desta página de nosso blog. Depois de clicar, abrirá uma página, onde você poderá votar de uma só vez pelo facebook, pelo twitter e pelo seu e-mail (pode votar três vezes no mesmo blog). Tudo é muito rápido e simples.
Este ano, o prêmio Topblog veio com o tema empreendedorismo digital, criado para incentivar e promover o empreendedorismo entre os blogueiros, pequenas e médias empresas, estudantes, educadores, internautas e público em geral interessado em empreender negócios por meio digital.


terça-feira, 17 de julho de 2012

Recomendando "Trabalhos digitais/ Artesanais"

Divulgando um espaço onde encomendei as lembrancinhas de maternidade do meu filho Otavio. Trabalho muito bem confeccionado. Recomendo!
Contatos com Penha Rocha Fantin
tels. (27) 8136-7824 / 9972-5669 .

Encontram-se disponíveis contatos e mais fotos de seus trabalhos no Orkut (clique aqui)  e Facebook (clique aqui) onde poderá encontrar:
1) Lembrancinhas para várias ocasiões;
2) Artesanato (mdf, vidro, biscuit) - peças decorativas e utilitárias;
3) Montagem/ revelação - convites de aniversário personalizados;
4) Trabalhos personalizados (também com caricaturas);
5) Álbum digital - cd com fotos digitais e fundo musical (com frases ou mensagem curta - opcional), para ver no aparelho de DVD. Capa com montagem personalizada, colorida (imagens nesse álbum). Entrando em meus vídeos você encontra uma amostra de Álbum Digital (um modelo simples e rápido - apenas para demonstração).
6) Pedido mínimo de lembrancinhas ou convites - 20 unidades




domingo, 15 de julho de 2012

Dicas para mamães da fralda Huggies


Olá! Não vejo a hora de ver a carinha do meu baby.
Ando lendo de tudo sobre cuidados com bebês. Assim, vi essas dicas no site  Huggies Turma da Mônica e decidi compartilhar com as futuras mamães.
Espero que sejam úteis. Beijinhos meus e de Otavio!

HORA DO BANHO
1. Banheira: esse item não pode faltar. Você pode optar por comprar um modelo simples que servirá também quando o bebê for mais crescidinho, para ser usada dentro do box do banheiro. Vale comprar, também, aqueles ofurôs infantis que simulam a posição fetal e acalmam o bebê.
2. Toalha fralda: é uma toalha mais delicada que a toalha normal, ideal para recém-nascidos. Recomendamos que você compre 3, daquelas com capuz.
3. Shampoos, sabonetes e colônias: não utilize os produtos que você, adulto, usa. É muito importante abastecer seu estoque com produtos direcionados à pele do seu bebê, que é muito mais sensível. Se puder, compre um dispenser de sabonete líquido e fixe no seu banheiro – isso vai facilitar muito a sua vida.

DIA-A-DIA
1. Massageador de gengiva: pode ser substituído facilmente por um mordedor. E não se esqueça: os dentes do bebê ainda vão demorar para nascer.
2. Conta gotas, coador, funil, aquecedor de mamadeiras: são acessórios que, obviamente, têm utilidade, mas podem ser substituídos pelos que você já possui em sua casa.
3. Roupinhas: fique atento à estação do ano em que seu bebê vai nascer. Eles crescem rápido, e você não vai querer gastar dinheiro à toa. Por enquanto, invista (pouco) dinheiro nos tamanhos RN e P, e peça roupas M e G de presente. Não se empolgue tanto, pois seu bebê vai crescer rápido. O foco agora são: bodies, mijões, macacões e meias.

CUIDADOS
1. Talco: hoje em dia ele não é mais recomendado pelos especialistas, que condenam a poeira gerada pelo produto, que é inalada pelo bebê. Existem vários outros produtos que substituem muito bem o talco, como pomadas e cremes.
2. Termômetro: o termômetro normal é muito necessário! Já o termômetro para banho é um luxo que pode ser muito bem resolvido com a sua própria percepção da temperatura da água, usando a sensibilidade da pele do seu cotovelo.
3. Hastes flexíveis e algodão: sim, você vai usar mais do que imagina! Quanto mais, melhor. O algodão é o melhor parceiro para limpar o bebê nos primeiros dias, enquanto as hastes são muito úteis para limpar os cantos mais difíceis do pequenino, especialmente o umbigo.
4. Lenços umedecidos:chega uma hora que algodão e água não são suficientes para dar conta do recado. Invista em bons lenços umedecidos, que além de superpráticos podem ser transportados facilmente.
5. Vaporizador e inalador: nem toda mãe precisa destes itens. Como eles são caros, espere o bebê crescer e você sentir a necessidade de usá-los, com a orientação de seu pediatra.

HORA DO PASSEIO
1. Bebê conforto: item essencial se você tiver carro, não se esqueça de verificar se ele é de qualidade e certificado pelo INMETRO. Ele também pode funcionar como bercinho, para carregar o bebê no dia a dia.
2. Carrinho: é um dos itens mais caros do enxoval, mas vale por ser um belo descanso para as suas costas e para o bebê, mesmo dentro de casa! Enquanto o bebê é novo, o melhor modelo de carrinho é o reclinável, que vira uma espécie de berço e é confortável para seu corpinho de recém-nascido. Fora colchonete e travesseiro, outros acessórios para carrinho são itens dispensáveis.
3. Sacola de bebê: elas vêm com propriedades térmicas, trocador portátil e muitas facilidades, mas muitas vezes seu preço é muito alto por conta disso. Não esqueça de que você também pode carregar os itens do seu bebê em uma outra sacola, bolsa térmica ou mochila não direcionados ao bebê, mas que combinam com você.

SONINHO
1 Berço: não é tão caro quanto parece - e é essencial. Dica: compre o colchão só depois de comprar o berço e não deixe de ter um posicionador para dormir e um travesseiro antissufocante, dois bons itens para a segurança do seu bebê.
2. Cobertor, manta e lençóis: nossa dica: 2 cobertores, 2 mantas, 4 fronhas, 5 lençóis e muitas fraldas de boca, daquelas de pano. Não compre colchas, apenas 1 edredon leve.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Frases que ajudam na avaliação (artes, música, movimento, comportamento)

ARTES VISUAIS
·  Aprecia manipular materiais como lápis e pincéis de diferentes espessuras e de meios como água e terra.
·  Tem prazer em explorar suportes gráficos como jornal, papel, chão, caixas, sucatas, etc.
·  Explora e reconhece diferentes movimentos gestuais, visando produzir marcas gráficas.
·  Tem cuidado com o próprio corpo e dos colegas no contato com suportes e materiais de artes.
·  Demonstra ter cuidado com os materiais e com os trabalhos e objetos produzidos individualmente ou em grupo.
·  Observa e identifica imagens diversas.
·  Explora diferentes materiais e a possibilidade de expressar-se por meio deles.
·  Está ampliando seu conhecimento de mundo ao manipular diferentes objetos e materiais.
·  Aprecia explorar as características dos objetos e suas possibilidades de manuseio.
·  Utiliza diversos materiais gráficos e plásticos sobre diferentes superfícies possibilitando ampliar expressão e comunicação.
  ·  Interessa-se pelas próprias produções e dos outros colegas.
·  Interessa-se pelas diversas obras artísticas (regionais, nacionais ou internacionais), ampliando seu conhecimento de mundo e da cultura.
MÚSICA
·  Demonstra ter atenção para ouvir, responder ou imitar canções.
·  Tem capacidade para expressar-se musicalmente por meio da voz, do corpo e com diversos materiais sonoros.
·  Estima ouvir, percebe e discrimina eventos sonoros diversos, além de produções musicais.
·  Tem prazer em brincar com a música, imitar, e reproduzir canções.
·  Explora e expressa o silêncio e sons com a voz, o corpo e materiais diversos.
·  Estima interpretar músicas e canções diversas.
·  Aprecia participar de brincadeiras e jogos cantados e rítmicos.
·  Tem prazer em escutar obras musicais variadas.
·  Participa de situações que integrem músicas, canções e movimentos corporais.
·  Reconhece e utiliza de maneira expressiva variados sons em contexto musicais diversos
·  Durante a realização de algumas produções musicais reconhece e utiliza as variações de velocidade.
·  Estima sua participação em jogos e brincadeiras que envolvam a dança e/ou improvisação musical.
·  Demonstra ter um bom repertório de canções onde possibilita desenvolver sua memória musical.
·  Aprecia escutar obras musicais de diversos gêneros, estilos e culturas da produção musical brasileira e de outros países.
·  Consegue reconhecer elementos musicais básicos que se repetem na canção (frases, partes)
·  Aprecia ouvir informações sobre as obras ouvidas aumentando seu conhecimento sobre produção musical.
·  Tem prazer em confeccionar materiais sonoros
·  Gosta de ouvir música, cantar e dançar.
MOVIMENTO
·  Reconhece elementos do seu próprio corpo durante a exploração em brincadeiras seja na interação com o outro ou em frente ao espelho.
·  Durante as brincadeiras expressa sensações e ritmos corporais por meio de gestos, posturas e linguagem oral.
·  Durante a realização das atividades com movimento explora diferentes posturas corporais (inclinação do corpo, diferentes posições, ficar ereto, etc.).
·  Está ampliando com progressiva destreza (agilidade, habilidade) seu deslocamento no espaço.
·  Está aperfeiçoando seus gestos relacionados com a preensão, o encaixe, o traçado do desenho, etc.
·  Nas situações cotidianas utiliza o movimento de maneira expressiva e intencional.
*  Tem percepção de estruturas rítmicas no processo de expressão corporal por meio da dança e outros movimentos.
·  Está ampliando suas possibilidades estéticas do movimento.
·  Conhece e utiliza diferentes modalidades de dança.
·  Na realização das tarefas com movimento percebe limites e potencialidades do próprio corpo.
·  Tem prazer ao participar de brincadeiras e jogos que envolvem correr, subir, escorregar, etc.
·  Está ampliando gradualmente o conhecimento e controle sobre seu corpo e o movimento.
·  Durante a participação em jogos e brincadeiras utiliza os recursos de deslocamento e das habilidades de força, velocidade, resistência e flexibilidade.
·  Valoriza suas conquistas corporais.
·  Está aperfeiçoando suas habilidades manuais ao manipular materiais, objetos e brinquedos diversos.
·  Estima participar de ambientes desafiadores que envolvem situações de interação como brincadeiras dirigidas em grupo e circuito com obstáculos.
·  Usa convenientemente gestos e ritmos corporais diversos.
·  Gosta de ouvir comentários e ser valorizado sobre seus esforços.
·  Possui responsabilidade em relação à sua higiene, aprendendo a cuidar de si.

COMPORTAMENTO
·  Apresenta dificuldade de autorregulação.
·  Demonstra agressividade em situações de conflito, usando de meios físicos para alcançar o que deseja.
·  Costuma não aceitar e compreender as solicitações dos adultos.
·  Demonstra ter dificuldades em cumprir regras.
·  Ainda não demonstra interesse em participar das atividades propostas.
·  Muitas vezes parece se desligar da realidade, ficando envolvido em seus pensamentos.
·  Costuma se preocupar com os hábitos e atitudes dos colegas.
·  Em situações de conflito coloca-se como espectador, mesmo quando está clara a sua participação.
·  Aparenta desejar atenções diferenciadas para si, solicitando que sejam feitas todas as duas vontades.
·  Evita o contato e o diálogo com colegas e professores preferindo permanecer sozinho.
·  Costuma falar mais do que o necessário, não respeitando os momentos em que o grupo necessita de silêncio.
·  Ainda não sabe dividir o espaço e os materiais de forma coletiva.
·  Utiliza-se de palavras pouco cordiais para repelir ou afrontar.
·  Tem o hábito de colocar apelidos nos colegas ou é vítima de algum apelido.
·  É uma criança com variações e humor.
·  Criança com comportamento: muito quieta, retraída, com olhar parado OU criança agitada e ativa.
·  Demonstra dificuldades para se integrar nas brincadeiras dos grupos.
·  Desenvolveu atitudes de ajuda e colaboração.
·  Possui capacidade de se conduzir e tomar decisões por si próprio, levando em conta regras e valores.
·  Estabeleceu vínculos afetivos com os colegas e com adultos do CMEI.
·  Aprecia momentos de privacidade e quietude.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Livro do Bebê

Não tinha a intenção de comprar um álbum de fotos. Geralmente não há muito espaço e eu pretendia comprar uma dessas pastas com plásticos, encapar e guardar as fotos que forem reveladas, não só a de quando for bebê.
Passeando num shopping, encontrei este livro na livraria Saraiva (R$17,99) onde posso escrever os momentos mais marcantes de meu filhote. Com insistência de uma amiga, decidi levar e confesso que achei uma gracinha.





 





Aguardando a chegada de Otavio.

Aguardando a chegada de Otavio.
Abençoada seja sua vinda, meu filho!

Foto: meu amor Anderson

Foto: meu amor Anderson

Foto: pais Josedino e Conceição

Foto: pais Josedino e Conceição

botão redes sociais