Google Tradutor

Quem sou eu

Minha foto
Espírito Santo, Brazil
Professora Educação Infantil. Costumo ser reservada e tímida, ás vezes gosto de ficar sozinha. Vivo o presente. Sou do tipo de pessoa que vive o “aqui e agora”. Não gosto deixar nada pra depois. Preciso de liberdade e independência para fazer minhas próprias coisas. Alegria sempre. Nada de ficar reclamando das dificuldades. Deus conhece nossa capacidade. "Posso não saber o quanto vou ter que caminhar, mas eu continuarei andando e sorrindo. Vou aprendendo a viver e a conviver. Levo comigo uma bagagem cheia de decepções, momentos felizes e alguns não muito.. meus erros, minhas lágrimas, minhas derrotas e vitórias... Não quero ser perfeita , eu quero é cair e levantar rindo... levantar e limpar as mãos e os joelhos e me preparar para correr de novo ,dessa vez mais rápido ainda. Se não quiser que eu te decepcione não faça demasiadas expectativas..."

Marcadores

quarta-feira, 27 de julho de 2016

2º Perfil de turma: berçário



A turma do grupo I-A matutino atualmente é composta por 17 crianças: 11 meninas e 6 meninos, sendo três meninas em período integral. Não há criança com necessidades especiais no grupo. São crianças, em sua maioria, com comportamento ativo e muito curiosos que adoram dar e receber carinhos. Continuo com o apoio e parceria de mais três profissionais (APEI’S).
As crianças chegam com seus familiares, em geral com a mãe ou o pai. São recebidas por mim na sala de aula e, também pelas APEI’s. Após a acolhida, algumas já ajudam trazendo sua mochila ou dos amigos até a mesa ou a porta do banheiro para que possamos guardar nos ganchos. Há na sala uma caixa decorada com figuras de calçados, onde a maioria das crianças já conseguem retirar seus calçados com autonomia e guardá-los nessa caixa.
São crianças assíduas, faltando somente quando doentes. Com o acolhimento carinhoso e paciência dispensados tanto por mim quanto pelas APEI’s, mostram-se alegres e confiantes com todo espaço da instituição.
No decorrer do ano foram feitas diversas atividades com o intuito de desenvolver sua coordenação motora, linguagem oral, equilíbrio, lateralidade como: minicircuitos, roda de conversa, contação de histórias (com livros, fantoches, palitoches), luvas e placas sensoriais, arco com fitas, caixa surpresa, culinária, danças, apresentações, brincadeiras livres e dirigidas, visitação e cuidados com jardim, plantio de mudas e sementes, observação da metamorfose da borboleta.
Algumas crianças ampliaram sua expressão oral, relatam o que fazem em casa, se foram em algum passeio ou mesmo repetem frases que conversamos com eles, sempre sorrindo, gesticulando ou mesmo apontando pra algum objeto ou pessoa da sala na tentativa de relatar algo (no caso das crianças menores de 2 anos).
Participaram com muito entusiasmo da “Festa na roça”, onde foi proposto oficinas com brincadeiras típicas em festas juninas (jogo das latas, pescaria). No jogo das latas tiveram o cuidado de esperar sua vez na brincadeira e ajudaram a recolher as latas pra organizar para o próximo colega participar. Até mesmo os menores ficavam olhando os maiores brincando e, quando chegava sua vez, também tentavam derrubar as latas com a bola. Quando conseguiam, gritavam entusiasmados, batiam palmas e esperavam nossos elogios e incentivos.
Alguns combinados estão sendo mais compreendidos pelas crianças maiores, onde os menores tentam imitá-los: andar com cuidado no corredor, guardar os brinquedos da sala, sentar-se no tapete para colocar os aventais. Quando não cumprem com os combinados, alguns costumam chamar a atenção do colega dizendo “ai, ai, cuidado” ou “não pode” e, procuram um dos adultos na sala esperando que possamos chamar sua atenção. Ainda acontecem casos de mordidas, mesmo que esse incidente tenha diminuído. Algumas já entendem que não podem morder e sempre fazem carinhos e beijam os demais colegas. A relação conflituosa com os brinquedos e materiais pessoais têm diminuído, apesar de ainda acontecer.
As práticas de leitura vêm sendo muito prazerosas. Apreciam muito histórias com animais e figuras grandes, pois costumam imitar os sons e vozes de animais e objetos que conhecem nas figuras dos livros.
As crianças continuam apreciando muito o momento do parquinho, pois podem entram em contato com areia e brincarem com os baldinhos e pás. Também gostam quando vamos à cabana seja para brincar ou cantar, e podem observar mais a movimentação das outras turmas da escola.
Todas as crianças já estão andando. A maioria faz uso de fralda descartável, e são incentivadas ao uso do vaso sanitário, o que fazem sem maiores problemas. Algumas continuam fazendo uso da chupeta, mas procuramos dar somente na hora de dormir ou quando estão muito chorosas. O momento do sono continua sendo logo após o almoço. As crianças alimentam-se todas no refeitório. Os maiores já conseguem sozinhos utilizar os talheres e são incentivados para comer de tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar sobre este post!

Comentário será liberado após moderação; caso faça agressão gratuita poderá ser excluído. Evite escrever em letras maiúsculas.

Beijinhos sabor chocolate! Paz em seu coração!

Aguardando a chegada de Otavio.

Aguardando a chegada de Otavio.
Abençoada seja sua vinda, meu filho!

Foto: meu amor Anderson

Foto: meu amor Anderson

Foto: pais Josedino e Conceição

Foto: pais Josedino e Conceição

botão redes sociais