Google Tradutor

Quem sou eu

Minha foto
Espírito Santo, Brazil
Professora Educação Infantil. Costumo ser reservada e tímida, ás vezes gosto de ficar sozinha. Vivo o presente. Sou do tipo de pessoa que vive o “aqui e agora”. Não gosto deixar nada pra depois. Preciso de liberdade e independência para fazer minhas próprias coisas. Alegria sempre. Nada de ficar reclamando das dificuldades. Deus conhece nossa capacidade. "Posso não saber o quanto vou ter que caminhar, mas eu continuarei andando e sorrindo. Vou aprendendo a viver e a conviver. Levo comigo uma bagagem cheia de decepções, momentos felizes e alguns não muito.. meus erros, minhas lágrimas, minhas derrotas e vitórias... Não quero ser perfeita , eu quero é cair e levantar rindo... levantar e limpar as mãos e os joelhos e me preparar para correr de novo ,dessa vez mais rápido ainda. Se não quiser que eu te decepcione não faça demasiadas expectativas..."

Marcadores

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Relatório comportamental


- Relatório encaminhado mediante solicitação de pediatra. Criança com 3 anos de idade.
*Nome fictício para preservar identidade infantil.

John* é uma criança com comportamento muito ativo.
Costuma brincar sozinho, mesmo quando tento enturmá-lo num grupo, pega os brinquedos dos colegas e os espalha pela sala. Quando deixo à disposição peças de encaixe, prefere procurar outro brinquedo ou fica subindo nas mesas e cadeiras. Geralmente quando proponho atividades em grupo, sua atenção se dispersa facilmente, mostrando um comportamento muito agitado, onde corre pela sala.
Apresenta dificuldade em compreender algumas normas de convívio da turma (como não jogar areia nos colegas, andar na sala sem correr ou subir nas cadeiras), mesmo quando o chamo para conversar e explicar as normas, no mesmo instante volta a descumpri-las.
Em momentos de roda de cantigas, participa sorrindo, batendo palmas e fazendo alguns gestos e coreografias, mesmo por um breve momento, onde volta a empurrar e pular em cima dos colegas.
Nos momentos de contação de histórias é necessário que fique próximo à monitora, onde chama sua atenção para a história. No parquinho, fica o tempo todo correndo, muitas vezes chega perto de outra criança e joga areia, mesmo quando tento colocá-lo próximo para brincar e dou alguns objetos.
Percebi que tem dificuldades de concentração e estabelecer foco por muito tempo, mesmo na sala de aula ou ambientes externos. Muda rapidamente de uma atividade para outra, mesmo sem tê-las concluídas.
Tenho conversado com outros professores e testado estratégias diferentes das demais crianças da sala para que John* consiga concentrar-se melhor nas atividades propostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar sobre este post!

Comentário será liberado após moderação; caso faça agressão gratuita poderá ser excluído. Evite escrever em letras maiúsculas.

Beijinhos sabor chocolate! Paz em seu coração!

Aguardando a chegada de Otavio.

Aguardando a chegada de Otavio.
Abençoada seja sua vinda, meu filho!

Foto: meu amor Anderson

Foto: meu amor Anderson

Foto: pais Josedino e Conceição

Foto: pais Josedino e Conceição

botão redes sociais