Google Tradutor

Quem sou eu

Minha foto
Espírito Santo, Brazil
Professora Educação Infantil. Costumo ser reservada e tímida, ás vezes gosto de ficar sozinha. Vivo o presente. Sou do tipo de pessoa que vive o “aqui e agora”. Não gosto deixar nada pra depois. Preciso de liberdade e independência para fazer minhas próprias coisas. Alegria sempre. Nada de ficar reclamando das dificuldades. Deus conhece nossa capacidade. "Posso não saber o quanto vou ter que caminhar, mas eu continuarei andando e sorrindo. Vou aprendendo a viver e a conviver. Levo comigo uma bagagem cheia de decepções, momentos felizes e alguns não muito.. meus erros, minhas lágrimas, minhas derrotas e vitórias... Não quero ser perfeita , eu quero é cair e levantar rindo... levantar e limpar as mãos e os joelhos e me preparar para correr de novo ,dessa vez mais rápido ainda. Se não quiser que eu te decepcione não faça demasiadas expectativas..."

Marcadores

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Cílios de boneca? Curvex neles!

Dificilmente vamos encontrar alguma matéria referente à origem do curvex, apesar de milhões de sites falam de marca “x” ou “y”, ensinando como usar o instrumento. Será que só existo eu de curiosa no mundo da moda/beleza?

A primeira patente de um “Curvex” que se tem notícia foi registrada em 1929 por Charles Stickel e William McDonnel em Nova York. Após uma revisão de patente em 1931, verificaram que seu verdadeiro inventor foi William Beldure, dono da Kurlash Company que detinha a licença para produzir e aprimorar o Kurlash (ele foi assim chamado) no Canadá, Estados Unidos e Grã-Bretanha.

A princípio os cílios serviam apenas para proteger os olhos contra a poeira do ar, mas há muito tempo que a vaidade feminina criou para ele uma função, diga-se de passagem, muito mais interessante: valorizar os olhos das mulheres.

O rímel todo mundo conhece, mas o Curvex é um instrumento que não deveria faltar na caixinha de maquiagem de nenhuma mulher. A princípio o objeto, que parece um instrumento de tortura, pode até assustar, mas depois de experimentar, não dá para ficar sem. É um aparelhinho que comprime os pêlos e, como o nome já diz, os deixam curvados para cima, dando uma forma ideal para os cílios mais rebeldes.

Para usá-lo é preciso alguns cuidados para não se machucar e nem correr o risco de ficar sem cílios.

O primeiro passo é certificar-se que os pêlos estejam limpos e secos. É indicado curvar os cílios superiores antes de passar o rímel, para não quebrar os fios, isso porque o produto pode ressecá-los, especialmente se for à prova d’água.
Existem modelos de Curvex em metal, mas quem não tem prática deve experimentar o de plástico, usado pela maioria dos maquiadores de moda. Um detalhe importante: o Curvex deve ser usado sempre em frente ao espelho, para não beliscar a pálpebra sem querer.

Para prolongar o efeito dos olhos de boneca use depois de aplicar o Curvex um rímel com volume, aqueles que têm o pincel mais gorducho.

Para deixá-los ainda mais curvados, passe o rímel nos fios só com a pontinha do pincel, de um lado para o outro, como se fosse um limpador de pára-brisas.

O Curvex também é muito útil para quem usa cílios postiços. O acessório deve ser usado nos cílios verdadeiros, pois ele ajuda na aplicação dos postiços.


Pesquisando em outros blog’s na internet, encontrei estas dicas sobre os cuidados a serem tomados com o curvex:

1.      Escolha um Curvex de uma marca respeitada, conhecida pelo respeito e qualidade que oferece aos consumidores;
2.      Fique atenta a "borrachinha" em que apóia os cílios durante o procedimento, pois se ela não estiver no lugar, você pode ter seus cílios cortados;
3.      No momento de pressionar o Curvex, não é necessário força, o importante é segurar firme por alguns segundos. Isso requer prática, você deve segurar com firmeza, sem fazer pressão,
4.      O efeito fica mais aparente quando você segura por pelos menos 15 segundos;
5.      Após o uso faça a limpeza com um lenço de papel ou pano úmido para retirar os possíveis resíduos de maquiagem e cílios que caem;
6.      Guarde o Curvex longe do calor excessivo, pois a "borrachinha" poderá ser danificada. E sem ela, você não poderá usá-lo;
7.      Não há dúvidas de que o Curvex irá melhorar sua maquiagem, principalmente se você não foi abençoada por um par de cílios de boneca;
8.      Desconfie de Curvex muito em conta, tipo R$1,99. Melhor não arriscar;
9.      Enquanto você ainda não tem o total domínio, pode treinar usando um desses nacionais que encontramos nas farmácias. Mas depois que já estiver craque, sugiro o famoso Eyelash Curler do Shu Uemura.
10. E por fim, não esqueça que aquela "borrachinha”, tem prazo de validade. Isso mesmo, ela perde a qualidade depois de algum tempo. Alguns vêm com refil, mas infelizmente, não há refil à venda, e é preciso substituí-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar sobre este post!

Comentário será liberado após moderação; caso faça agressão gratuita poderá ser excluído. Evite escrever em letras maiúsculas.

Beijinhos sabor chocolate! Paz em seu coração!

Aguardando a chegada de Otavio.

Aguardando a chegada de Otavio.
Abençoada seja sua vinda, meu filho!

Foto: meu amor Anderson

Foto: meu amor Anderson

Foto: pais Josedino e Conceição

Foto: pais Josedino e Conceição

botão redes sociais